Facebook Twitter YouTube
Home Documentação Preparação e Calibração

Preparação e Calibração

Os procedimentos abaixo devem ser executados de tempos em tempos, de acordo com a necessidade do usuário. A maior parte dos problemas e dificuldades de impressão podem ser sanados executando-os periodicamente (por exemplo, ao início de cada dia de trabalho).

 

Limpeza e instalação da superfície de impressão de vidro

A superfície de impressão em vidro garante a adesão da peça à base de impressão durante o processo. Uma peça nunca deve ser impressa sem que o vidro esteja instalado. O vidro deve ser fixado à base vermelha com três clipes de aço, fornecidos com sua máquina, dois do lado direito do operador e apenas um do lado esquerdo, à frente, de modo a não colidir com o cabeamento da parte interna da máquina.

Antes do uso, o vidro deve estar totalmente livre de gordura, pó ou quaisquer outros resíduos. Para deixar o vidro pronto para o uso, retire-o da embalagem (ou da base, se já estiver instalado), lave-o com água e detergente e deixe secar no tempo. Caso tenha pressa, tente deixar escorrer o máximo possível e depois termine de secar colocando-o sobre a base aquecida ou, até mesmo, tente secar com um guardanapo ou papel que não deixe pó, mas nunca use um pano.

Durante o uso, o vidro da base jamais deve ser manuseado ou tocado em sua superfície. Manchas de gordura, ou até mesmo pó, podem atrapalhar a impressão e facilitar o descolamento das peças. Na impressão com ABS, pode ser necessário aplicar uma fita sobre o vidro. Essa fita também deve ser trocada e reaplicada de tempos em tempos, sempre que o vidro for lavado.

 

Calibração da base aquecida

O primeiro passo é calibrar a horizontalidade da base de impressão. Esse passo é opcional, uma vez que a máquina já vem calibrada de fábrica, no entanto o transporte pode afetar o processo. Para isso, siga as instruções do vídeo abaixo:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=TAEy6myNeOY[/youtube]

 

Os arquivos abaixo ajudam na rotina de calibração da base de impressão. Para salvá-los, clique com o botão direito no link e em seguida “Salvar como” no seu browser. Usuários de Windows devem ficar atentos à extensão do arquivo, que deve ser mantida como a original – “.gcode” e não “.txt”.

Rotina de Calibração em ABS

Rotina de Calibração em PLA

Baixe-os em algum diretório de sua escolha e depois aperte o botão “Load File” (Carregar Arquivo) no Pronterface para carregar o arquivo .gcode. Após isso, basta clicar em “Imprimir” e seguir o procedimento descrito no vídeo.

 

Calibração da altura do bico (eixo Z)

A correta calibração da altura do bico de impressão em relação à base de impressão é crucial para a adesão da primeira camada do objeto que está sendo impresso. Esse procedimento também é feito na fábrica, antes do envio de sua máquina, mas é normal que precise ser refeito de tempos em tempos. É um procedimento simples, porém requer algumas tentativas até pegar a prática e acertar a altura correta.

Antes de iniciar o processo, certifique-se de que a superfície de impressão de vidro está instalada e fixa com os grampos de aço!

Clique no menu Configurações e depois em Calibração do Eixo Z.

A janela que se abre é o nosso assistente de calibração do eixo Z. Vamos simplesmente seguir as instruções da tela. Como referência, você pode usar um cartão de visitas para medir a altura ideal entre o bico de extrusão e a base.

Para que esteja bem calibrado, o bico deve pressionar o cartão contra a base, no ponto em que ele começa a impedir a movimentação do cartão. Para acertar esse ponto ideal, basta ir descendo e testando com os botões para subir e descer disponíveis na tela.

Uma vez finalizado o  processo, o bico de extrusão moverá para a posição que chamamos de home, no canto da base. A calibração será armazenada na memória de sua Metamáquina 2 e, a princípio, você não precisará repetir esse processo. No entanto, por ser uma regulagem de precisão, ela pode ser afetada por condições de temperatura e até pelo reposicionamento do vidro após a limpeza (procedimento abaixo).

Para testar se a sua calibração está correta, você pode começar a imprimir algum objeto e verificar como a primeira camada está sendo depositada. Como referência, vale  a pena olhar como o filamento deve ficar na superfície aquecida nos três casos a seguir.

O bico está muito próximo da base:

O bico está muito longe da base:

Como a primeira camada deve ser:

Para maiores detalhes consulte nossa página de vídeos e assista aos vídeos sobre calibração.

Dica: repita estes processos sempre que julgar necessário.